fbpx

Confira 9 golpes mais comuns aplicados em turistas

Publicado por Juliana em

Todos nós amamos viajar, por isso é cada vez mais comum os pontos turisticos estarem cada vez mais lotados, e com isso é difícil não cair em pequenos golpes durante uma viagem. Os “espertinhos” de olho nos turistas encantados com as belezas do local (e consequentemente, distraídos) se utilizam de muita criatividade para aplicar golpes de todos os tipos.

Confira abaixo quais são esses golpes para não cair em nenhum deles:

1 – A pulseirinha de presente

bracelete - Confira 9 golpes mais comuns aplicados em turistas

Você está admirando os detalhes da impressionante catedral de Milão, na Itália, quando, de repente, uma pessoa se aproxima toda simpatica, te oferece uma pulseirinha de “presente” e já começa a amarrar a pulseira no seu pulso.

Depois de amarrar a pulseira em você, ele vai cobrar um dinheirinho. E pode fazer o maior escândalo se você não quiser pagar. Uma outra versão desse golpe é, que a pessoa te distrai com a pulseira enquanto um comparsa dele furta seus pertences.

Locais mais comuns: Paris, Roma, Milão, Barcelona e Cairo

2 – Uma rosa para a amada

Essa acontece com casais: uma mulher (as vezes crianças) aproxima-se oferecendo uma rosa sem dizer nada. Se aceitar a flor, a pessoa dai sim pede dinheiro. E o valor costuma ser alto! O espertinho tenta constranger o homem dizendo ser “pão duro” por não comprar a rosa para a “amada”. Dica: não toque na flor.

Locais mais comuns: Paris, Roma, Barcelona.

3 – O anel de “ouro”

O golpe é praticado por mulheres, para mulheres: você está caminhando pela rua quando uma desconhecida, com o maior ar de casualidade, para de andar, encontra um anel no chão e pergunta se é seu. Você diz que não. Aí, a moça analisa o objeto e conclui que ele é de ouro (só que não). Ela vai tentar te vender por um preço bem baixo para um anel de ouro, mas alto demais para um de latão. Não compre. Aliás, nem pare se alguém te abordar na rua. E não dê uma de espertinho dizendo que o anel é seu. Pode dar problema também!

Local mais comum: Paris

4 – O bebê voador

Esse é muito criativo: uma mulher caminha em sua direção e joga um bebê (geralmente, é uma boneca) em cima de você. Enquanto você está em choque, segurando o bebê em seus braços (e ainda não reparou que é uma boneca), a mulher já revirou seus bolsos ou a sua mochila. A dica é reparar em quem vem em sua direção. E, se perceber algo estranho, desvie.

Local mais comum: Roma

5 – O jogo dos copos

Esse golpe é muito conhecido por nós brasileiros, agora ele “migrou” para Londres e Paris: um homem monta uma mesinha em praça pública e brinca de colocar uma bolinha em um copo de plástico. Ele vira o copo com a bolinha de boca para baixo em cima da mesa e coloca copos idênticos ao lado. Enquanto ele mexe rapidamente os copos, te desafia a descobrir em qual deles está a bolinha. Enquanto você se concentra no jogo e se distrai, alguém furta seus objetos. Dica: não pare para ver.

Locais mais comuns: Londres e Paris

6 – Ladrão espião

Esse é digno de Hollywood: o ladrão coloca uma carteira no meio da calçada. Quando você passa, instintivamente apalpa o bolso em que está a sua carteira, só para ter certeza de que a jogada no chão não é a sua. O ladrão observa e vê aonde vocẽ guarda sua carteira, tudo de longe e, momentos depois, aproxima-se e te furta.

Locais mais comuns: Roma e Ucrânia

7 – O engraxate:

Em Sultanahmet, bairro mais turístico de Istambul, um turco usando roupas da época do império otomano pode surgir na sua frente com um kit de engraxate, pedindo para lustrar seus sapatos (mesmo se você estiver usando um All-Star ou um CHINELO, sim, acredite, eles perguntam mesmo assim.

Ele vai falar que o serviço é gratuito, por amizade, mas depois vai cobrar dinheiro. Dica: se você tirar fotos daqueles vestuários exóticos, eles também vão querer cobrar. Uma variação do golpe: ele derruba os instrumentos no seu pé, enquanto vocês caminham. Vai se oferecer para limpar. Se você aceitar, ele vai cobrar.

Locais mais comuns: arredores da Aya Sofia e Mesquita Azul, e praça Taksim, em Istambul, Turquia

8 – Golpe do alecrim

Uma senhorinha com jeito de cigana te oferece um cheiroso ramo de alecrim. Depois, supersimpática, lê a sua mão. E então, adivinhe? Pede dinheiro pelos serviços. Se você se recusar a pagar, ela vai amaldiçoar você, sua família e todas as gerações de seus descendentes, até o fim dos tempos. Acreditem há pessoas que ficam com medo e pagam, rsrs.

Local mais comum: Madri

9 – Quer que eu tire sua foto?

O turista tenta fazer uma selfie com um belo cenário ao fundo, mas não consegue enquadrar o cenário, geralmente monumentos grandiosos e gigantescos. Então, um desconhecido oferece para tirar sua foto. Ele pode:

a) Pedir dinheiro pela bela foto
b) Sair correndo com a sua câmera ou celular.

Local mais comum: no mundo inteiro.

Não é para ficar paranoico, e sim, para que fique atento, para que possa aproveitar a viagem ao máximo sem frustrações.

Boa viagem! E não esqueça de atualizar seu GPS antes de viajar!


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×